Amante

Ela chega como amiga de algum convidado. É apresentada para o homenageado e, logo de cara, ataca com o clássico: “A gente não se conhece de algum lugar?”. A partir daí, passa a paquerar o homem. Depois de algumas investidas explícitas, grita que está cansada de ser a outra na vida dele. É bastante convincente no seu desabafo. Envolve “o cúmplice” que lhe deu apoio na chegada, a família do homenageado, e a festa vira o maior bafafá. Mas o final feliz acontece quando a atriz revela a pegadinha e lê uma mensagem para o homenageado, entregando os responsáveis pela brincadeira.

Amante Grávida

Aparece na festa com um convidado. Está com uma barriga de gravidez bem evidente, e diz que só foi até o local porque sabe que o pai de seu filho está ali. Ela cita o local onde conheceu “o amante” (combinar um local onde o homenageado tenha estado) e conta como tudo aconteceu, citando traços característicos do comportamento dele (informações previamente recolhidas), sem, no entanto, ainda afirmar que o sujeito é o pai. Tudo isso para ver se ele se identifica. Por fim, acaba por denunciar a paternidade do homenageado e o bafafá se estabelece, até a atriz revelar a brincadeira.